Alimentos funcionais: mercado e consumidores

2 06 2011

A designação alimento funcional inclui uma variedade de alimentos e componentes alimentares benéficos para a saúde e bem-estar, capazes de reduzir o risco de certas doenças, ou minimizar os efeitos de agentes prejudiciais à saúde.
Existe uma crescente apetência por parte dos consumidores por alimentos que providenciem benefícios para a saúde e bem-estar. Nos países industrializados, o mercado dos alimentos funcionais tem crescido mais rapidamente que o mercado de alimentos e bebidas, visto como um todo1. A disponibilidade deste tipo de alimentos, permite que os consumidores tenham uma atitude positiva relativamente a uma dieta mais saudável.
O recente período recessivo parece ter provocado um aumento do interesse por parte dos consumidores relativamente à sua saúde e bem-estar, reflectido na compra de alimentos funcionais. O crescimento do mercado poderá ser explicado por diversas razões: as necessidades de uma população envelhecida, os custos elevados dos cuidados de saúde, a atenção dada pelos media aos progressos no desenvolvimento de novos alimentos e pela expectativa de um aumento de preço destes produtos2.
No entanto, a escolha dos consumidores parece ser ainda principalmente motivada pelas características sensoriais do produto e, cada vez mais, pelo seu preço3. Tal não impede que alguns estudos tenham mostrado uma atitude positiva e conhecimento por parte dos consumidores relativamente aos alimentos e bebidas com potenciais efeitos benéficos para a saúde. A figura seguinte ilustra um desses estudos, realizado junto da população dos EUA, tendo sido os participantes inquiridos sobre a sua avaliação dos benefícios resultantes do consumo de alimentos funcionais4.

Percepção de efeitos benéficos resultantes do consumo de alimentos funcionais4

Os dados de mercado indicam que os consumidores incluem os alimentos funcionais na sua dieta, mesmo em períodos economicamente mais difíceis. As mudanças nos padrões demográficos, a maior atenção a questões relacionadas com a saúde, o marketing, a investigação científica e a transmissão dos seus resultados aos consumidores desempenharão um papel relevante no crescimento do mercado dos alimentos funcionais5.
É necessário que os profissionais de nutrição estejam convenientemente informados sobre a investigação científica relativa a alimentos funcionais e acompanhem o comportamento dos consumidores relativamente a alimentos benéficos para a saúde, de modo a auxiliar estes últimos nas suas escolhas alimentares.

Referências
1W. A. Roberts, Jr. “Benefiting Beverages”, Prepared Foods, August (2009)
2B. Jones, “No Functional Fad”, Prepared Foods, March (2010)
3W. Verbeke, “Functional Foods: Consumer Willingness to Compromise on Taste for Health?”, Food Qual. Prefer. 17 (2006) 126
4International Food Information Council, “Functional Foods/Foods for Health Consumer Trending Survey” Executive research report (2009)
5W. R. Kapsak, E. B. Rahavi, N. M. Childs, C. White, “Functional Foods: Consumer Attitudes, Perceptions, and Behaviors in a Growing Market”, J. Am. Diet. Assoc. 111 (2011) 804


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: